WhatsApp ganha na versão com base na web


Atualmente mais de 600 milhões de pessoas no planeta utilizam o WhatsApp. Se uma pequena fração deste público usar mais a plataforma por causa do cliente web, já será um ganho importante para a companhia. Após notícia de bloqueio do WhatsApp, Telegram ganha 2 milhões de usuários no Brasil em 20 horasJá tô logado. Uma droga que funcione só no Chrome, parece até complô pra forçar o uso desse browser. :X Os serviços do Google estão uma porcaria no Firefox, e agora isso. Tá chegando perto de mais uma tentativa de migração (nunca consegui).

A empresa – controlada pelo Facebook – ganhou uma versão para web compatível com o Google Chrome, acessível em web.whatsapp.com. Segundo o WhatsApp, o lançamento ocorre para que as pessoas que ficam em um PC quando estão em casa ou no trabalho também possam se comunicar com os amigos, parentes e colegas.

O WhatsApp na web funciona como uma central de troca de mensagens. Para chegar até ela, é necessário instalar a versão mais recente do aplicativo no celular. Em seguida, abrir o menu principal e selecionar a opção “WhatsApp Web”. Ela ainda não apareceu para todos os usuários, porém. O site oficial oferece uma página de download com a última versão do .apk. Eu fiz o teste com meu Moto X, mas nada de interface web por enquanto.

whatsapp web

whatsapp web

A visualização de mensagens na web é compatível com Android, além dos sistemas BlackBerry, BlackBerry 10 e Windows Phone. Nada de iPhone, portanto. A empresa por trás do WhatsApp disse que existem “limitações de plataforma” que impedem a adoção imediata também no iOS.

Capenga como seja, pelo menos esse odioso serviço vai estar mais acessível. Desativei notificações no celular há um tempo porque me irritavam profundamente, e mesmo que eu perceba alguma atividade, digitar em celular ainda é uma coisa detestável. Fora sair do foco no PC pra ir olhar celular.

Não se deixe enganar com a chegada do whatsapp baixar, pois o serviço ainda é focado primordialmente no uso em dispositivos móveis. Até por isso, o funcionamento é bastante diferente do que estamos acostumados a ver no Telegram (se você ainda não instalou, faça-o agora!): as mensagens que aparecem no Chrome são carregadas do celular, como se fosse um espelho do que está registrado no smartphone. Não há um servidor por trás das duas interfaces, web e celular, que faça a sincronização dos textos, imagens, áudios e vídeos. Em outras palavras, o WhatsApp existe dentro do seu smartphone, e a versão web é uma extensão disso.

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>